Nosso BLOG... Estratégias e Ferramentas para seu Desenvolvimento Pessoal e Profissional

Nosso BLOG... Estratégias e Ferramentas para seu Desenvolvimento Pessoal e Profissional

Ajudamos você a obter resultados reais para aumentar sua qualidade de vida. Acesse, em primeira mão, nossos principais posts diretamente em seu email

Nosso BLOG... Estratégias e Ferramentas para seu Desenvolvimento Pessoal e Profissional

Ajudamos você a obter resultados reais para aumentar sua qualidade de vida. Acesse, em primeira mão, nossos principais posts diretamente em seu email

Fique tranquilo, seu e-mail está completamente SEGURO conosco!

Como vencer a preguiça e usar isso a seu favor

Pessoa deitada com preguiça segurando o cobertor

“Vencer a preguiça é a primeira coisa que o homem deve procurar se quiser ser dono do seu destino” Thomas Atkinson

Na rotina, há muitos muitos momentos em que nos sentimos indispostos. Eu, por exemplo, acordo às 5h15 da manhã diariamente. É claro que não é simples, mas eu tenho objetivos bem claros e é isso que me ajuda em minha autodisciplina. Por isso, saber como vencer a preguiça se trata também sobre o que você tem no horizonte. Além disso, há muitos outros fatores importantes.

Você não sente preguiça porque é alguém desinteressado na rotina. Esse comportamento é reflexo de cansaço, estresse, falta de clareza de objetivos, entre outras coisas. Por isso, a partir do momento que você entende o que causa, também sabe como resolver.

Na hora de lidar com a preguiça, é possível fazer isso da maneira certa. Por isso, conto mais neste post o que é esse comportamento e como superá-lo. A seguir, entenda mais sobre a preguiça e veja dicas de como lidar com ela!

Entenda o que é a preguiça e porque ela afeta você

A preguiça é um comportamento comum. Por isso, não adianta dizer que você é super disposto para tudo. Eu aposto que, em algum momento, você já se sentiu preguiçoso. Acontece que isso é normal e aceitável, até certo ponto. Esse sentimento parte de uma série de fatores. Deles, muitos podem estar presentes na sua vida atualmente.

O estresse, por exemplo, é um grande vilão da sociedade atual. Essa doença afeta muitas pessoas, independentemente da rotina delas. Mesmo que não se tenha um emprego exigente, é possível estar estressado.

Esse estado gera um consumo de energia física e mental. Assim, quem não está preparado, tende a se sentir cansado. Consequentemente, a preguiça vem. Diante desse ciclo, conseguiu perceber como a relação é quase que natural? É por isso que nem sempre você precisa se sentir mal quando a preguiça bater.

Em alguns casos, esse estresse pode evoluir de maneira mais grave. Por isso, uma das principais consequências é a depressão. Essa doença tira a disposição e a vontade de fazer coisas comuns, como tomar um banho. Ou seja, não há preguiça nesse caso. Se trata de uma doença séria que impede que tenhamos disposição para a rotina.

Gatilhos para a preguiça precisam ser observados

Os grandes causadores da preguiça são muito mais conhecidos do que pensamos. Esses fatores estão presentes na nossa rotina, às vezes, de maneira invisível. Por isso, se mantenha atento aos principais, que são:

  • 👉 cansaço por conta do trabalho;
  • 👉 falta de disposição por causa de uma rotina de má alimentação, sedentarismo e noites de sono ruins;
  • 👉 falta de foco em um objetivo principal;
  • 👉 dificuldade de entendimento de consequências.

Por isso, quando você sabe o que te causa esse comportamento, é mais fácil de lidar. Dificilmente alguém sabe como vencer a preguiça se não entende o que ela é. Logo, o primeiro exercício é avaliar essas causas e entender se elas estão presentes no seu dia a dia.

A preguiça nada mais é do que um resultado da vida que você leva. Isso significa algo simples: ela não é a vilã! Se trata apenas do resultado de seus comportamentos, suas escolhas e costumes.

Saiba como vencer a preguiça em 7 passos

Sabe como vencer a preguiça? Admitindo que há algo de errado com você. Isso não significa que você está aceitando esse comportamento. Como falei, há casos em que é consequência de doenças como o estresse e a depressão. Porém, não deixa de ser algo causado por um problema que você está passando.

No entanto, nem sempre se trata de algo realmente sério. Por vezes, uma simples escolha causa isso. Por exemplo, se você não quer se alimentar bem, ficará sem energia. Assim, a preguiça estará sempre ali, mas como um resultado, e não a grande vilã!

Enfim, chegou a hora de você saber como vencer a preguiça de uma vez por todas. Separei 7 dicas a seguir, confira!

1. Coloque os benefícios como o foco principal

Se você levantar e agir, o que sua atitude vai trazer de positivo? Essa pergunta nem sempre é respondida. Geralmente, focamos sempre no esforço a ser feito. E é até comum agir assim. Mas já parou para pensar como tudo muda se você focar no retorno?

Por isso, eu proponho que você coloque os benefícios da sua atitude no foco. Por exemplo, você sempre pensa que acordar às 6h da manhã  para se exercitar é difícil. Eu concordo!

Mas e se você pensar que você está acordando cedo para conseguir o corpo que você deseja, mais saúde e autoestima elevada? Esse é um truque simples que ajuda a vencer a preguiça com sucesso! Por isso, foque no benefício e não no esforço!

2. Cuide da sua saúde física e mental

Sabe aqueles dias em que você não tem disposição para nada? O cansaço é comum, mas talvez você pudesse lidar melhor com ele. Quando isso acontece, pode ser que sua saúde esteja avisando você sobre algo.

Esse cansaço também pode ser reflexo de algo que acontece na sua mente. Hoje, podemos entender melhor o peso da ansiedade, do estresse e da depressão nos níveis de motivação. Se você está com problemas, eles vão refletir na sua disposição.

Nesses casos, sua preguiça é algo mais importante. Ou seja, estamos falando de saúde! Por isso, tente se alimentar bem, dormir 6 horas por noite e cuidar da saúde mental. Visite um profissional psicólogo e entenda melhor alguns de seus comportamentos.

3. Defina seus objetivos de maneira clara

Muitas vezes, não sabemos como vencer a preguiça porque não temos objetivos. Por isso, tudo começa por conhecer o que você deseja, e então valorizar isso. Por exemplo, você quer aprender um novo idioma, mas sente preguiça de estudar para isso.

Nesse caso, você precisa entender se há realmente um objetivo ali. Afinal, quem não gostaria de ser fluente em um segundo idioma? Mas só o desejo não vai dar a motivação que você precisa. No entanto, isso pode mudar se você colocar como meta concreta.

A partir disso, você passa a entender que há esforço envolvido. Só se conquista algo se dedicando. Por isso, você terá o entendimento de que a preguiça não pode impedir seu objetivo.

4. Tenha uma válvula de escape para o estresse

O estresse cansa. Certamente, você já se sentiu esgotado depois de um dia de trabalho que nem foi tão pesado assim. Por mais que fisicamente não tenha exigido tanto de você, a parte mental conta muito. Por isso, o estresse é consequência direta.

Há muitas formas de lidar com o estresse, mas ter uma válvula de escape é uma das que mais gosto. Por exemplo, você pode relaxar assistindo uma série, ou correndo. Isso ativa a serotonina do seu organismo. Como consequência, você tem mais disposição.

A preguiça vai ficar de lado se seu corpo funcionar da forma certa. Por isso, defina em sua rotina um momento para desestressar. Faça o que gosta, relaxe e aproveite os benefícios disso.

5. Reflita sobre as consequências dos seus atos

Existe um ótimo ditado, que pode assustar, mas é um choque de realidade:

“Se não vai pelo amor, vai pela dor!”

O que quero dizer com essa referência é muito simples. Estou apenas mostrando que nem todo mundo vence a preguiça olhando os benefícios dos atos. Nesse caso, só resta cair na real ao pensar nas consequências.

Por exemplo, se você não for um pai atencioso hoje, no futuro o seu filho vai se comportar da mesma forma com você. Pode ser que doa para pensar nisso, é claro. Porém, deu para perceber que pensar nas consequências traz reflexão?

Saiba que tudo que você faz traz consequências. É muito melhor saber como vencer a preguiça pensando nos benefícios disso. Porém, se você não se motiva a dar atenção ao seu filho, pensar nas consequências pode fazer você agir!

6. Valorize suas pequenas vitórias sobre a preguiça

Vencer a preguiça será difícil algumas vezes. Afinal, você está saindo da sua zona de conforto. Por isso, valorize cada momento em que superou esse comportamento. É dessa maneira que você estará pronto para que a vitória seja algo comum.

Sabe aquele dia em que você finalmente conseguiu arrumar seu guarda-roupas? Então, por mais que pareça algo simples, não deixa de ser uma vitória. Você focou no benefício, foi lá e cumpriu. Parabéns, se orgulhe disso!

Cada vez que você vencer a preguiça será um momento em que cumpriu com algo que não estava acontecendo. Por isso, houve uma quebra de paradigma comportamental. Isso é motivo para comemorar e se sentir bem!

7. Assuma responsabilidades de vez

Responsabilidades não podem ser repassadas para outras pessoas. Por mais que você pense que isso é possível, uma hora vai recair sobre você. Assim, pare de tentar achar culpados ou pessoas que podem fazer no seu lugar!

Assuma suas responsabilidades antes que você saia prejudicado. Isso é importante porque saber como vencer a preguiça depende de entender seu papel na situação. Em muitos casos, você é fundamental para que algo aconteça.

Quando você assume responsabilidades, entende que faz parte de uma estrutura mais complexa. Por exemplo, se você tem preguiça de fazer seu papel nas tarefas domésticas, alguém é sobrecarregado. Mas pode ser ainda pior! Se você não faz, a casa fica desorganizada. A preguiça não pode ser um impeditivo para você agir.

E aí, acha que agora você sabe como vencer a preguiça? Bem, certamente essas dicas serão de grande ajuda para você. Ainda assim, reforço que é importante se manter sempre atento aos gatilhos desse comportamento. Por isso, tente sempre entender sua vida, seus hábitos e o que eles podem gerar para você.

 

VOCÊ SABE USAR A DISCIPLINA SUPERAR A PREGUIÇA?
Saiba como isso é possível e…


 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sobre o Adriano

Olá, eu sou Adriano Couto, e se você é uma pessoa, que como eu, acredita na importância do seu desenvolvimento pessoal e profissional, conquistando um alto nível de qualidade de vida. Seja bem-vindo ao meu blog.

Inscreva-se em nosso blog

Avance em seu Crescimento Pessoal e Profissional

Fechar

Fique tranquilo, seu e-mail está completamente SEGURO conosco!

Artigos Relacionadas

Couto Performance © 2021

WhatsApp
Enviar