Nosso BLOG... Estratégias e Ferramentas para seu Desenvolvimento Pessoal e Profissional

Nosso BLOG... Estratégias e Ferramentas para seu Desenvolvimento Pessoal e Profissional

Ajudamos você a obter resultados reais para aumentar sua qualidade de vida. Acesse, em primeira mão, nossos principais posts diretamente em seu email

Nosso BLOG... Estratégias e Ferramentas para seu Desenvolvimento Pessoal e Profissional

Ajudamos você a obter resultados reais para aumentar sua qualidade de vida. Acesse, em primeira mão, nossos principais posts diretamente em seu email

Fique tranquilo, seu e-mail está completamente SEGURO conosco!

As 6 perguntas a se fazer antes de começar um negócio

Começar um negócio é um momento único. Nesse primeiro passo, você está cheio de sonhos, esperanças e objetivos. Por isso, a melhor forma de empreender de maneira estruturada e estratégica. Quando isso não acontece, as decepções podem dar lugar às expectativas.

Até mesmo quem já está à frente de grandes empresas pode falhar. Nesses casos, lançar um novo produto ou serviço requer preparo e adequação. Se você não planejar tudo pensando em um público-alvo, os riscos são grandes.

Por isso, antes de colocar algo no mercado, é preciso estudar. Cada movimento requer o entendimento da possibilidade de ele ser bem-sucedido. Por isso, se você está em um momento de dúvidas, tenho uma forma de ajudar.

Ao longo deste conteúdo, vou propor 6 perguntas que você deve fazer a si próprio antes de começar um negócio. Confira!

Os desafios de começar um negócio e lançar novos produtos

Começar um negócio vai trazer muitos desafios. Por isso, é preciso conhecê-los antes de querer estar pronto para eles. Só assim você evita decepções com uma jornada bem mais difícil do que esperava.

Às vezes, esses desafios que encontramos ao empreender podem ser combustível. Conforme eles são superados, você entende que é parte do processo. Por isso, listei alguns dos principais e como eles podem surgir no caminho.

Medo da rejeição

O medo da rejeição é um dos principais sentimentos a serem enfrentados. Por isso, não importa se você vai empreender ou lançar um produto na sua empresa. Sempre haverá o medo de como o mercado vai aceitar um movimento importante.

Se estamos falando de inovação, esse medo cresce mais ainda. Afinal, tudo que é novo precisa de um tempo para que as pessoas se acostumem. Então, se você não está tão certo do que deseja fazer, o medo pode prevalecer.

De um modo geral, lidar com o medo será necessário, não importa o seu objetivo. Afinal, é difícil conquistar algo de destaque sem correr riscos.

Insegurança sobre empreender

Empreender no Brasil não é fácil. Na verdade, em poucos países essa missão é simples. Por aqui, 52 milhões de pessoas mantêm negócios próprios. Todas elas precisaram lidar com a insegurança de começar uma empresa.

Realmente, são muitos fatores que pesam contra. Por exemplo, os impostos, a necessidade de investir e as dificuldades de gerir são alguns dos principais.

Mas agora me responda: e se você se concentrasse mais no que pode conquistar?

A independência de nunca mais trabalhar para alguém é algo incrível. Além disso, há as possibilidades de crescer no mercado escolhido! Enfim, há muitos benefícios que devem ser considerados. Então, fica mais fácil enfrentar a insegurança.

Dificuldade de inovar

Inovar é difícil, tanto como empreendedor quanto como um empresário. Primeiramente, é necessário avaliar o mercado e suas oportunidades. Se houver brecha, aí o processo continua.

Mesmo com uma boa visão para as possibilidades, há muitos possíveis impeditivos. Por isso, tanta gente desiste de tentar levar soluções únicas e diferentes ao mercado.

Agora, pense comigo: será mesmo que você não pode fazer algo diferente?

A inovação é muito mais um mindset do que um objetivo. Por isso, quando você prepara sua mente para inovar, conseguirá resultados concretos.

Necessidade de aprovação de sócios da empresa

Ter uma empresa significa lidar com grandes desafios. Às vezes, uma boa ideia nem mesmo chega ao mercado. Isso acontece porque, no meio do caminho, há o interesse de sócios e investidores.

Muitos empresários precisam lidar com processos de aprovação. Logo, é comum que negócios de grande potencial sejam freados. Nesses momentos, grandes nomes do mundo corporativo se encontram sem saber o que fazer.

Às vezes, encontrar soluções para eliminar essa rejeição é mais simples do que parece. Um bom mentor empresarial pode ajudar a encontrar o caminho certo!

Os diferentes cenários de quem coloca algo no mercado

Quem vai começar um negócio precisa ter uma ideia sólida. Por isso, planejamento, escolha de mercado, entre outros pontos são essenciais.

Agora, quem já é um grande empresário, tem outros desafios. Não se trata de serem mais difíceis, mas sim de estarem em uma categoria diferente.

Portanto, se você quer vender um produto, primeiramente, precisa entender onde está. Saiba mais sobre esses diferentes cenários a seguir!

Na tentativa de começar um negócio

Empreender requer uma longa jornada de estudos. Por isso, quem está nessa posição ocupa um lugar bastante específico.

O cenário, nesses casos, é de muitas incertezas e da necessidade de arriscar finanças. Muitas vezes, os recursos são escassos para começar um negócio.

Algumas pessoas também podem estar fazendo a única tentativa de suas vidas. Ainda pior, essa pode ser a última chance.

De um modo geral, o cenário de quem vai empreender é sempre moldado pela limitação de recursos.

Quando já se tem uma empresa

Quando você já é um empresário de sucesso, tudo muda de cenário.

Por mais que sua marca esteja estabilizada, há riscos na hora de lançar um novo produto. Quando se tem uma imagem a proteger, o impacto negativo pode ser maior.

Nesses casos, há também a expectativa do público. Por isso, ter que agradá-los representa um fator a mais.

Por fim, um ponto positivo é a existência de maiores recursos, inclusive, financeiros. Portanto, é um cenário equilibrado.

As 6 perguntas para se fazer antes de começar um negócio

Vamos partir do princípio de que você está pronto. Ou seja, você sabe o que deseja e quer encarar todos os desafios do caminho? Portanto, agora só resta saber quais avaliações precisam ser feitas.

Agora, veja a lista com as 6 perguntas que você deve fazer a si próprio antes de começar um negócio ou tomar decisões na sua empresa!

1. Há espaço no mercado para a minha ideia?

Com esta pergunta, minha intenção não é questionar a qualidade da ideia. 

Frequentemente, temos bons insights, mas nem sempre eles são únicos. Pode ser que outras pessoas já tenham pensado neles. Ainda pior, alguém pode ter pensado de forma similar e você nem percebeu isso. 

Desse modo, recomendo fortemente que você analise o mercado, primeiramente. É fundamental entender se há brechas para a ideia e qual é a quantidade de concorrentes. Se depois disso você achar que vale a pena, siga em frente!

2. Eu tenho recursos suficientes para começar um negócio?

Empreender nunca será fácil, especialmente se falamos de grana. Por mais que seu negócio seja pequeno, há dinheiro envolvido nesse objetivo. 

Então, você precisa avaliar profundamente todos os custos envolvidos. Por exemplo, alguns dos principais são: 

  • custo de um ponto físico;
  • custos legais de registro e abertura;
  • salário de funcionários;
  • custo operacional do negócio;
  • compra de equipamentos e ferramentas;
  • criação e gestão da marca.

Considere cada custo para entender se você tem recursos. Além disso, se estiver pensando em um empréstimo, entenda que a empresa pode demorar a dar lucros. Nesses casos, você precisa ter capital de giro para segurar as pontas!

3. Começar um negócio é o que eu realmente desejo?

Já parou para pensar que, talvez, suas ideias possam ser exploradas de outra forma? Nem sempre começar um negócio é a melhor forma de executá-las.

Empreender traz muitos desafios que podem tirar de você a vontade de gerenciar um negócio. Assim, você vai acabar se frustrando e perdendo a paixão pelo que gosta.

Às vezes, buscar uma posição de destaque em uma empresa é o melhor caminho. Quando você conquista isso, tem poder suficiente para colocar suas ideias em prática.

4. Meu público tem interesse neste produto?

Não importa em que posição você esteja, conhecer o público é essencial. Isso vale tanto para empreendedores quanto para empresários consolidados.

Do contrário, há sempre o risco de levar algo ao mercado que não se comunica com sua audiência. Isso pode representar uma ameaça à maneira como essas pessoas enxergam seu negócio.

Antes de um produto, ou um empreendimento, ser consolidado, é preciso estudar o mercado. Só assim é possível entender seu consumidor médio, os hábitos deles, os desejos e então entender se faz sentido a sua ideia.

5. Eu realmente vou levar algo relevante ao mercado?

Algumas ideias só valem a pena se você for realmente fazer a diferença. Por isso, é importante analisar o mercado em que você vai entrar.

Isso não é importante só para quem vai empreender. Mesmo se você já está no mercado, pode ser que sua ideia de produto não vá propor nenhuma grande inovação.

Por isso, se pergunte: vale a pena entrar nessa concorrência? Agora, se você acha que pode fazer a diferença e bater os competidores, siga em frente!

6. Eu estudei o suficiente para dar este passo?

Preparação é fundamental. Os grandes gênios do mundo corporativo passaram anos se dedicando em seus projetos. Ainda assim, muitos tiveram que lidar com uma série de falhas até acertar. 

Por isso, é realmente importante não se precipitar. Se você não está seguro ainda de que tem o conhecimento necessário, repense. Pelo menos para o que você vai executar no momento, o mínimo de entendimento e estudo do mercado são necessários. 

Dito isso, tenho mais algo a dizer, mas espero que não fique confuso: não exceda esse tempo de preparação! Dar o primeiro passo é essencial e você não pode deixar a insegurança frear seus objetivos. Por isso, prepare-se e vá em frente!

Começar um negócio requer preparo e coragem! O mesmo pode ser dito para grandes empresários que querem mudar o mercado. Por isso, novos modelos de empresas e produtos inovadores não surgem todos os dias. Nunca se esqueça de fazer essas 6 perguntas a si mesmo!

Se ainda assim você sente que precisa de ajuda, certamente a mentoria especializada é o caminho. Eu posso ajudar você a conquistar seus objetivos!

 

 

 

 

 

 

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sobre o Adriano

Olá, eu sou Adriano Couto, e se você é uma pessoa, que como eu, acredita na importância do seu desenvolvimento pessoal e profissional, conquistando um alto nível de qualidade de vida. Seja bem-vindo ao meu blog.

Inscreva-se em nosso blog

Avance em seu Crescimento Pessoal e Profissional

Fechar

Fique tranquilo, seu e-mail está completamente SEGURO conosco!

Artigos Relacionadas

Couto Performance © 2021

WhatsApp
Enviar